Sindicato dos Usuários do Facebook

Grande parte das ferramentas online gratuitas, como Facebook, o Google e afins, não são gratuitas à toa. Na verdade, a gente paga pelo uso com nossos dados e hábitos de navegação, que vão sendo colhidos à medida em que usamos a ferramenta e são valiosíssimos na venda de anúncios e links patrocinados. Por exemplo, cada vez que você faz uma busca no Google, você ajuda o buscador a refinar o seu motor e a entregar: a) resultados mais relevantes pra todo mundo b) um alvo mais certeiro para os compradores dos serviços pagos do Google, como links patrocinados. Eu usei o exemplo do Google porque é o mais fácil, mas com o Facebook é a mesma coisa.

Daí que o usuário do Facebook Richard Buchanam tirou a interessante idéia de que essa relação entre usuário e grandes corporações de tecnologia é desequilibrada. Segundo ele, a gente deveria seja pago pelos dados que as grandes companhias online usam, que talvez o serviço gratuito seja uma compensação abaixo do que valeríamos. Pra lutar por isso, Buchanam criou o Sindicato de Usuários do Facebook. Por enquanto, o Sindicato é mais uma idéia utópica do que uma organização, um conceito pra prestar atenção. Há dez dias, quando a matéria do Guardian foi publicada, o grupo tinha só 19 membros, hoje já tem mais de 1.000. Não vamos esquecer, então, que os gigantes da Internet também começaram assim, mais como um conceito, mais como uma idéia utópica do que como uma organização.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Sindicato dos Usuários do Facebook

  1. E a televisão? Em quando deveriamos ser ‘ressarcidos’? Vimemos em tempos que todo mundo quer ter direitos, como pequenos ‘reizinhos’ que querem todo conforto e tudo do graça. Logo o cara vai cobrar o Estado por estar vivo!

  2. E a televisão? Em quando deveriamos ser ‘ressarcidos’? Vimemos em tempos que todo mundo quer ter direitos, como pequenos ‘reizinhos’ que querem todo conforto e tudo do graça. Logo o cara vai cobrar o Estado por estar vivo!

  3. É mesmo um assombro essa apropriação da mais-valia pelos capitalistas digitais…

    Afinal tudo é fruto do esforço do trabalho do mouse, e tudo ao mouse deve retornar. Abaixo a opressão. Geeks do mundo, uni-vos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s