Ligue os pontos

DALT

Em janeiro do ano passado, percebi que estava acompanhando as discussões sobre a reformatação da cena cultural independente brasileira de forma muito fragmentada: lia um artigo aqui, outro ali, tudo muito espalhado. Achei que seria bom reunir os textos que eu considerava mais interessantes em uma espécie de linha do tempo, porque muita coisa ficava melhor e mais útil quando combinada e/ou confrontada.

O resultado está aqui no tumblr Discurso Alternativo e com o reaquecimento da discussão sobre o Fora do Eixo a partir do Roda Viva da Mídia Ninja, voltei a alimentar a biblioteca, que já conta com os textos de Beatriz Seigner, Rafael Vilela e Bruno Torturra.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Ligue os pontos

  1. adorei!!! principalmente porque este pessoal do fde é superpaparicado pelo mercado – pelo “sistema” (que cafona, mas não tenho outra palavra). trabalho em uma agência de publicidade, mais sistema, impossível… sempre olho para o “pessoal da música”, com certa inveja, toda a revolução que a gente prega em comunicação aconteceu lá antes. são benchmark! mas lendo os textos… nem sei o que dizer. não existem as gravadoras, mas existe uma outra coisa que também não me parece tão incrível assim (para os músicos, para a música, para a cultura). sei lá… tb não tenho conclusão, mas a mais inocente e meiga das iniciativas acaba sendo apropriada e engolida. muito louco! bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s