Desconectado não é ermitão

tumblr_myp9mb1QNJ1st5lhmo1_1280

Sejam vindos da publicidade, do universo editorial da tecnologia, do nosso ambiente de trabalho ou de pares sociais, os estímulos para que a gente se mantenha o maior tempo possível conectado à internet também acabam gerando uma contrapartida natural: nos meios mais digitalizados, a conectividade exagerada já está se tornando um comportamento classificado como grosseiro ou ultrapassado. E a desconexão, um troféu a ser exibido.

Essa inversão de pólos gera algumas atitudes interessantes, mas que confundem o estado das coisas. Por exemplo, agora no verão, muita gente tira férias e avisa pessoalmente ou mesmo no Facebook que vai “desconectar e sumir do mapa” por algum tempo, como se estivesse indo para a Sibéria ou se tornado um proscrito. Mas peraê: desde quando deixar de postar no Facebook por uma semana coloca você fora do alcance da sociedade?

Se eu fosse ermitão, organizava um protesto reclamando das baixas exigências para que alguém, hoje, seja considerado um.

***

Foto: Unsplash

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s