Castelo de Cartas – o House of Cards brasileiro

Castelodecartas1

Como muitos já sabem, estreou na última sexta no Netflix a segunda temporada de House of Cards. Já (quase) toda assistida aqui em casa, ela deixou, como os primeiros 13 episódios, um forte gostinho residual de quero mais e uma série de pensamentos obsessivos. Por exemplo, responder à provocação do meu amigo Renan: como seria um House of Cards brasileiro?

A ideia é tão deliciosa que duvido que já não tenha passado pela cabeça de algum produtor nacional. Não há dúvida que um House of Cards bazuca não seria tão sexy e elegante quanto sua contrapartida americana (ou inglesa), mas com certeza poderia ser muito mais pitoresco, sujo e instigante.

Abaixo vai, então, minha proposta de trama e elenco para o House of Cards brasileiro. Ou, melhor falando…. Castelo de Cartas.

Elenco Central

Francisco Madeira (Frank Underwood/Kevin Spacey): Antônio Fagundes

images (1)

Clara Madeira (Claire Underwood/Robin Wright): Glória Pires

img_31593_insensato-coracao-norma-da-um-tapa-na-cara-de-leo (1)

Douglas Santos (Doug Stamper/Michael Kelly): Wagner Moura

images (2)

Lilian Vasquez (Linda Vazques/Sakina Jaffrey): Lília Cabral

download

Pedro Haussman (Peter Russo/Correy Stoll): Selton Mello

Selton_Mello

Gilmar Caminha (Garret Walker/Michael Gill): Tony Ramos

Tony-Ramos

Julia Barroso (Zoe Barnes/Kate Mara): Alice Braga

download (1)

Trama da Primeira Temporada

Francisco Madeira é deputado federal e líder de bancada no Congresso Brasileiro. Com um histórico sólido na política de Minas Gerais e trânsito nos altos e médios escalões do poder, ele teve um papel fundamental na eleição do Presidente Gilmar Caminha, especialmente na negociação com a ambientalista Marília Souza para que ela assumisse a Vice-Presidência, arranjo que se provou vencedor nas urnas e na mídia. Pelo sucesso de sua articulação na eleição e por sua conhecida influência sobre uma numerosa bancada no Congresso, Madeira espera ser indicado como Chefe da Casa Civil em troca de seus serviços. No entanto, ele acaba sendo passado pra trás por Lilian Vasquez, antiga chefe de gabinete do Presidente no Governo do Rio de Janeiro e coordenadora de campo da campanha presidencial. Injuriado, Madeira decide armar um intrincado plano para chega à Casa Civil o que acaba gerando um espetáculo dantesco de troca de favores, verbas e tramóias com políticos fisiologistas do Congresso e do Senado.

Parte do plano de Francisco Madeira para chegar à Casa Civil envolve sua mulher, Clara Madeira, presidente de um instituto de estudos de desenvolvimento social patrocinado por grandes empreiteiras e mineradoras. Clara tem seus próprios objetivos, mas não hesita em jogar coordenadamente com o marido quando isso faz seus planos também andarem pra frente. Clara foi quem conseguiu iniciar a aproximação com Marília Souza graças a um histórico de doações para seus projetos ambientais no Norte do país e a promessa de que Francisco interviria junto ao Congresso na revisão dos projetos de construção de mega-hidrelétricas na Amazônia.

A outra parte do plano de Madeira para tomar o lugar de Lilian inclui a criação de um testa de ferro, o jovem deputado federal Pedro Haussman, que entra num acordo de favores com o novo mentor para garantir o avanço de algumas de suas propostas progressistas para o Transporte Público no Congresso, sendo a mais notória a ideia do Passe Livre Nacional via incentivos do Governo Federal. Com Madeira por trás, Haussman se torna uma figura proeminente na política brasileira, mas acaba sendo usado para um ataque à Chefe da Casa Civil numa disputa por emendas relacionadas ao Transporte Público. Madeira coloca Haussman sob pressão obrigando-o a tomar a frente da briga com a Casa Civil, que acaba sendo vista pelo Presidente como uma rusga pessoal.

Enquanto isso, o projeto esfria na pauta dos deputados e os movimentos sociais iniciam uma série de protestos coordenados nas grandes capitais do país. O Presidente acusa Haussman e Lilian de semearem o caos político com suas desavenças. Jovem e inexperiente, Haussman é instigado por Madeira a viajar o país e dialogar com os líderes dos movimentos sociais fazendo promessas que não poderá cumprir. Estressado, à beira de um colapso nervoso, acaba sendo pego pela imprensa fumando maconha em um churrasco com antigos amigos da universidade de direito em Porto Alegre – encontro arranjado secretamente pelo braço direito de Madeira, Douglas Santos. Pedro é fritado politicamente e acaba no ostracismo.

Em meio a isso tudo, Madeira começa a ser assediado por Julia Barroso, jovem repórter investigativa, ex-jornalista do Correio Braziliense e integrante do coletivo midialivrista Mídia Samurai. Obcecada por abrir uma nova frente em busca de furos, ela acaba desenvolvendo um relacionamento de troca de informações com Madeira, o que rapidamente evolui para uma relação sexual intensa e ambígua na qual ela começa a levar a pior quando sua consciência e sua ligação com o coletivo começam a falar mais alto do que as tramóias de Madeira. É aí que as coisas começa a ficar realmente perigosas e potencialmente homicidas. E também quando Madeira começa a ser cogitado pelo Presidente para ser alçado a Chefe da Casa Civil.

***

Obviamente, eu gostaria de saber as suas sugestões de elenco e tramas.  🙂

***

Imagem de Abertura: Renan Schmidt.

4 pensamentos sobre “Castelo de Cartas – o House of Cards brasileiro

  1. …excelente! Mas como é no Brasil, faltou mais putaria: Clara Madeira e Pedro Haussman mantém um relacionamento fogoso, com direito a uns pegas no gabinete do corno. E como está na moda, quem sabe uma treta homossexual: Lilian Vasquez e Julia Barroso.

  2. faltou o papel do Remy Danton, interpretado pelo Lázaro Ramos na versão brasileira (só pra fechar a trinca do “estamos em todas” com o Wagner Moura e Selton Mello).

  3. Boa!
    Duas sugestões:
    – Adam Galloway : TEM QUE SER o Zé Mayer;
    – Nome da série: Uma Casa do Baralho
    (tem que seguir a tendência dos títulos traduzidos por aqui, né?)
    Estou assistindo a primeira temporada, e curtindo muito.

    Mas esperando mesmo o último episódio de True Detective.
    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s